05 março, 2009

Pensando...


CORAÇÃO VAZIO


Não tenho mais coração
Não mais creio no amor
E estou longe daquilo que já fui
E mais distante ainda
Daquilo que um dia sonhei ser
Agora, não mais me reconheço
Nem quero julgar se mereço
A tragédia que sobre mim recai
Sei somente que há uma pedra
Que quase pulsa dentro de mim
Um bloco de gelo e mármore
De aço maciço inoxidável
Sofrido, inumano, empedernido
Intangível e intocável
Mas que ainda urra de dor
Recheado de ódio
Através do qual
O sangue, em vão inacessível,
Teima em tentar passar.
Hoje andei pelas ruas
Como um bêbado
Desesperado e sem rumo
Os olhos repletos de lágrimas
E para não demonstrar fraqueza
Eu me esforcei
Para que não escorressem
Constrangedoramente pelas faces
Quando, em verdade
Em somente queria gritar
A todo pulmão
– Por favor, me ajudem:
Preciso de um amigo,
Uma palavra
Mas eu estava só
Em meio a milhares de pessoas
E para não parecer um louco
Engoli meu choro
E me agarrei ainda mais
À minha solidão.

Um comentário:

  1. Oie!
    Tô passando pra avisar que seu blog já está linkado no meu!
    Muito obrigada por acompanhar o Garotas de Sorte!
    Um beijão beeeem grandão!

    ResponderExcluir

Deixe aqui seu elogio, pedido, dúvida, sugestão ou apenas um comentário.